Naomi Campbell cita época como “única modelo negra”: “Sensação não era boa”

Sucesso nas passarelas, principalmente nos anos 1980 e 1990, a top model Naomi Campbell, atualmente aos 49 anos, afirmou que o fato ser a “única modelo negra” em eventos não lhe trazia sensação boa. A declaração foi feita em entrevista ao “WSJ. Magazine” e reproduzida pelo site “E! On-line”.


Do Uol

Naomi Campbell - mulher negra de cabelo preto liso, usando vestindo preto - em pé com a mão no pescoço

“Eu sei como é o símbolo [da negra na moda] e não era uma sensação boa ter que ser sempre a única modelo negra em um show com 70 meninas. Era desconfortável. Eu não gostava”, afirmou ela.

Recentemente, Campbell disse ter sido vítima de racismo ao ser barrada em evento de um hotel no sul da França. Ela, no entanto, optou por não revelar o nome do estabelecimento.

“A palavra ‘diversidade’ está por todo lado hoje, mas não existia quando comecei minha carreira. Sempre quis que as pessoas fossem tratadas com igualdade”, disse a modelo, em entrevista à revista “Paris Match”.

“O cara da entrada fingiu que o lugar estava cheio, mas deixou outras pessoas entrarem”, relembra. “É por esses momentos revoltantes que vou continuar a falar e me fazer ouvir”, completou.

Comentários