Serena Williams revela que teve complicações após o parto da filha


Serena Williams abre o seu coração sobre o nascimento da primeira filha, Olympia

A tenista Serena Williams abriu o seu coração durante entrevista para a revista Vogue americana. A atleta revelou que teve complicações após dar à luz sua primeira filha, Olympia. Ela declarou que teve que fazer uma cesárea de emergência depois que os batimentos cardíacos da filha começaram a diminuir durante as contrações. “Era um sentimento maravilhoso, até que tudo começou a dar errado”, disse ela.

Segundo a publicação, no dia seguinte ao parto, Serena foi diagnosticada com coágulos no pulmão, já que ela parou de tomar os remédios anticoagulantes por causa da cirurgia. Depois disso, ela sofreu com a cicatriz da cesariana, que abriu por causa das tosses causadas pela embolia pulmonar. Isto fez com que Serena voltasse para a sala de cirurgia. Neste momento, os médicos descobriram um hematoma em seu abdômen. Assim, os médicos tiveram que colocar um dreno para evitar que mais coágulos se formassem em seu pulmão. No fim, Serena recebeu alta após seis dias do nascimento da herdeira.

Depois de tudo o que passou, Serena conta as transformações que passou com a maternidade. “Na verdade, eu acho que ter um bebê me ajudou. Quando eu estava muito ansiosa, eu perdia jogos, e senti que muito da ansiedade desapareceu desde que a Olympia nasceu. Ela faz eu sentir que tenho este lindo bebê quando chegar em casa para me fazer sentir que não preciso mais jogar. Eu não preciso de dinheiro ou mais títulos ou prestigio. Eu quero, mas eu não preciso deles”, comentou.

Comentários