Dieta 72 horas: cardápio detox emagrece até 3 Kg, mas pede cuidados para não fazer mal



A dieta detox volumétrica é um método de emagrecimento rápido ideal para desintoxicar após feriados e datas em que geralmente pecamos pelo excesso de gordura e doces. Baseada em uma alimentação com poucas calorias e livre de compostos que são prejudiciais para a saúde, a dieta de três dias é restritiva e, portanto, deve ser realizada corretamente e com acompanhamento médico para evitar riscos ao organismo.

O regime já foi adotado por celebridades como a assistente de palco Milene Pavorô, que emagreceu cinco quilos e perdeu mais de 10 cm de cintura. O sucesso do caso da modelo foi tanto que a técnica ganhou o apelido de dieta da Pavarô.
Detox de 72 horas funciona?

Segundo a nutróloga e endocrinologista do Hapvida Saúde, Natasha Vilanova, a dieta volumétrica 72 horas pode emagrecer de 1 a 3 quilos, podendo variar para mais ou menos dependendo dos hábitos e metabolismo da pessoa.

Todavia, a especialista afirma que essa perda está relacionada ao líquido corporal, e não à redução de gordura, sendo necessário consultar um especialista para que ele selecione o melhor método para emagrecer de acordo com seu corpo.
Faz mal?

As dietas detox podem ser perigosas pois são baseadas em um menu restritivo e hipocalórico que não oferece todos os nutrientes necessários para o organismo. Deste modo, o ideal é não prolongá-las por muito tempo para que não sejam criadas deficiências nutricionais.

Por ser de apenas três dias, a dieta volumétrica promove um emagrecimento rápido. Entretanto, se não houver a adoção contínua de hábitos alimentares saudáveis, o volume perdido pode ser recuperado, criando um efeito sanfona.

Segundo a nutróloga Natasha Barros, esses pontos negativos devem ser postos na balança. "Acima de qualquer dieta, o ideal é realizar uma mudança de comportamento e adotar a reeducação alimentar, além de ter acompanhamento médico e praticar exercícios físicos regularmente", ressalta.

Cardápio



O menu da dieta 72 horas agrupa alimentos pouco calóricos e chás e sucos detox, além de fontes magras de proteínas.

Um dos segredos deste regime é o consumo de fibra, que é um composto mágico para o emagrecimento encontrado em grãos, cereais integrais e algumas frutas e vegetais. Ela prolonga a sensação de saciedade, o que evita deslizes na dieta. Outra vantagem de alimentos do tipo é a regulagem do trânsito intestinal, o que também contribui para fazer as pazes com a balança.

Como essa dieta tem o objetivo de "limpar" o organismo, são proibidos embutidos, alimentos com muito sódio, álcool e produtos industrializados com corantes e conservantes.
Cardápio


dieta para emagrecer 400x800 0117

A dieta volumétrica possui diversas versões. Natasha Vilanova, nutróloga e endocrinologista do Hapvida Saúde, dá uma sugestão para ser aplicada nos três dias do regime. Mas antes de adotá-lo, proponha o cardápio para seu médico ou nutricionista, que estará próximo para observar o desenrolar da alimentação restritiva no seu corpo e fazer ajustes se necessário.

Café da manhã
1 copo de suco verde detox
1 omelete

Lanche da manhã
1 xícara (chá) de chá de hibisco

Almoço
Salada de folhas verdes
Legumes cozidos
1 fonte de proteína magra, como atum, frango ou carnes magras

Jantar
Salada de rúcula
Dieta para emagrecer
Menu da dieta detox: 7 dias para eliminar excessos alimentares
Dieta detox da Bruna Marquezine seca 3 kg comendo doce; saiba como
Menu só com sucos: veja o cardápio detox para emagrecer em 24 horas

Comentários