15 descobertas sobre o mundo particular das cacheadas e crespas



Ao contrário do que muitas pensam, ter cabelo cacheado e crespo é muito simples e os cuidados são fáceis. Mas que são diferentes dos cabelos lisos, ah, isso eles são mesmo!



Principalmente para quem passou pela transição capilar (saiu das químicas e assumiu os cachos de vez), um mundo lindo foi descoberto.

Eu, como uma dessas novas habitantes do novo planeta, vou contar algumas coisas que me despertaram nesse novo universo de cuidados e informações capilares.


1 – Transição capilar


Clara Rocha – @leuxclair / leuxclair.com.br
A transição é o portal que faz as coisas acontecerem. É a chave para o mundo novo do cabelo afro. É o momento em que começamos a descobrir.

2 – Aceitação

É normal rolar estranhamento, mas a gente acaba percebendo que nascemos para ter cabelo enrolado, rs. Nossa beleza natural bate mais forte e aprendemos muito com nossa nova imagem.


3 – Vocabulário particular



Foto: Reprodução/ Youtube Camilla Santana
Palavras como “Cronograma Capilar”, “Low/No Poo“, “Sulfato”, “Transição”, “Day After“, “Big Chop” e “Scab Hair” são algumas das que não vivemos mais sem! Calma que uma hora dessas explico o que quer dizer cada uma.

4 – Tipos de cabelo


Para cuidar melhor do nosso cabelo, é bom sabermos que tipo de curvatura ele tem. Alguns precisam de mais óleo e creme que o outro. Alguns permitem penteados e volume diferente de outros. Depois que aprendemos o nosso tipo, ficamos um pouco viciadas em descobrir o tipo de cabelo de todo mundo que vemos na rua.


5 – Nos apaixonamos por cremes

O vício em produtos para nosso cabelo acontece de imediato. E agora temos uma gama enorme para escolher o que nos agrada mais (ainda bem!).

6 – Cuidar do cabelo vira ritual

Um momento de simplesmente lavar o cabelo, se torna muito mais especial. Cuidar dos fios, se torna um momento mais pessoal impossível. É tanto amor ao passar um creme, um óleo, secar com cuidado que até parece que o cabelo sente e corresponde <3


7 – Vício em grampos



Foto: Reprodução/ Instagram @iknowleee


Um grampo é tudo em nossa vida! Para qualquer penteado do simples ao glamouroso ou até mesmo só tirar a franja dos olhos. Com certeza você deve ter um em casa cômodo da casa e dentro das bolsas.

8 – Frizz e volume viram nossos amigos

Depois de um tempo, o frizz e o volume parar de ser um problema e se tornam nossos aliados. Quanto mais, melhor. Dá mais identidade ao nosso cabelo e quando os aceitamos, muitas questões que nos deixavam chateadas, passar desapercebidas.

9 – Lidar com fator encolhimento


Foto: Anastacia – Blog Ame Seu Crespo


Não tem jeito, nosso cabelo encolhe mesmo. Na hora de lavar ficamos chocadas com o comprimento dele, mas quando seca, diminui dezenas de centímetros mesmo.

10 – Desapego com a definição



Foto: Arquivo pessoal


Nem sempre os cachinhos estarão perfeitos. Nem o melhor creme do fundo pode garantir uma definição. Então, a cada dia que passa vamos compreendendo que o cabelo tem seus dias mais definidos e outros com total falta de cachos.

11 – Cada dia é diferente do outro



Foto: Reprodução/Instagram @ariellemacedo


Assim como na questão anterior, o cabelo afro é questão de humor. Às vezes mais definidos, às vezes não e isso segue para todos as questões que envolvem nosso cabelo. Ele amassa, um dia tá mais cacheado que outro, o volume aparece ou não, o frizz pode estar a toda, ou não. E nos divertimos com a mudança dele de um dia para outro.

12 – Medo de cortar o cabelo




Acabamos desenvolvendo uma aflição de tesouras na mão de outras pessoas. O problema de termos poucos profissionais especializados que gera esse receio. Por favor, cabeleireiros, queremos cortar o cabelo sem medo!

13 – Incomodação com toque em nosso cabelo



Foto: Jogo Hair Nah


Não é regra, mas muitas nos incomodamos com o toque no cabelo. Nossos cachos geram curiosidade, tem gente que pergunta se é peruca ou como ele funciona e já vem tocando nele. Eu particularmente não gosto muito (dependendo da intimidade da pessoa), mas isso se resolve com uma conversa ou cara feia mesmo, rs.

14 – Liberdade capilar



Foto: Reprodução/Instagram @freshlenghts

Talvez a maior descoberta de tudo isso é saber que estamos “livres”, o cabelo cacheado/crespo natural permite que a gente faça o que quiser com ele. Nosso cabelo oportuniza que possamos texturizá-lo como quisermos, seja com chapinha, com babyliss, rolinhos, enfim.

15 – Compartilhar conhecimento com as amigas

Viramos experts em cabelo, ficamos viciadas em tutorias do YouTube e em acompanhar blogueiras nas redes sociais. Qualquer artigo falando de cabelo corremos para ler e tudo isso rende diversas conversas e troca de experiências.

Fonte: Revista Donna

Opinião da Preta ; Aproveite e compartilhe com as " miga"


Comentários