Obama condena decisão de Trump de sair do Acordo de Paris

Para ex-presidente, estados, cidades e empresas seguirão na luta pelo baixo carbono



WASHINGTON — O ex-presidente Barack Obama publicou um comunicado minutos após Donald Trump anunciar que os estados Unidos abandonarão o acordo climático pelo país, negociado sobre sua gestão. Ele afirmou que, há um ano e meio, quando o acordo foi firmado, os EUA exerceram sua liderança e influenciaram dezenas de outros países a aderirem ao acordo.

"Simplesmente o setor privado já escolheu que o futuro será de economia de baixo carbono", escreveu Obama, ressaltando que, ao contrário do que Trump afirma, a saída do acordo pode retirar dos EUA empregos e investimentos em tecnologia de ponta.

Sem perder o otimismo, Obama exorta os americanos a seguirem lutando por questões ambientais:

 "Estou convencido de que nossos estados, cidades e empresas continuarão a liderar o caminho para o um futuro que ajude o futuro das gerações e do planeta terão" — disse o ex-presidente.
O presidente americano Donald Trump anunciou nesta quinta-feira a saída dos Estados Unidos do Acordo que prevê uma série de esforços para impedir o aumento da temperatura do planeta em mais de 2 graus Celsius. Ao lado da China, o país é o maior poluidor do mundo.

Em sua fala, Trump afirmou que está disposto a negociar outro acordo que seja "mais justo". Segundo ele, as metas estabelecidas na COP 21 não são tão duras com outros países, como China e Índia, como são com os Estados Unidos.
Fonte : O Globo

Opinião da Preta: Independente da atitude dos governantes, que cada um de nós tenhamos, a capacidade de seguir lutando, para um mundo melhor .







Comentários