Homens brancos jogam bomba em criança e idosa negra em ponto de ônibus de vinhedo



Uma senhora de 62 anos, a filha dela e o neto, de 7 anos, estiveram na delegacia de Vinhedo, no interior do Estado, para fazer uma denúncia grave.

Na quarta-feira ( 04 de janeiro de 2019), a idosa e o neto estavam no ponto de ônibus no centro da cidade, quando um carro bege parou, com três jovens brancos dentro, e um deles atirou uma bomba.


Um deles teria dito:


“Isso é um presente do Bolsonaro”.


A criança ficou sem audição durante boa parte do dia, e avó e neta voltaram para casa, assustados.


O caso foi relatado em detalhes à polícia, que tem meios para investigar. Como o ponto fica na região central da cidade, basta procurar por registros de câmera.


“Estou meio assustada, medo de sair na rua, os carros param e eu já fico com medo de jogarem alguma coisa”, relatou a avó.


O caso foi noticiado pela afiliada da Globo na região, a EPTV, mas nenhuma palavra foi dita sobre o caráter político da agressão.


Pode ser um caso isolado?


Espera-se que sim.


Mas pode não ser.


Sentimentos como racismo e ódio aos pobres


A Polícia Civil de Vinhedo daria uma grande contribuição nesta luta pela manutenção de um estado civilizado, no verdadeiro sentido de lei e ordem, se fosse a fundo neste caso.


É necessário antes que alguém venha dizer que se trata de farsa ou armação.


“Tem câmeras por ali. Tem buscar esse registro e apontar o culpado. Não foi uma brincadeira. Foi uma agressão muito grave”, disse à filha ao DCM.


Avó, na entrevista à EPTV, disse:


“Ontem foi uma bomba, amanhã pode ser outra coisa, né? Se eles estivessem com um revólver, poderia ser um tiro”, afirmou.


Fonte : Carta Campinas

Comentários