Nova plataforma pretende reduzir preconceito contra negros



Pessoas negras ou não podem utilizar a ferramenta que reserva hospedagem
Redação Correio 24 Horas

Segundo levantamento feito nos Estados Unidos, a população negra do país possui 16% a menos de chance de ser aceita em aplicativos de acomodação. Com o objetivo de combater o preconceito, um empresário brasileiro usa a tecnologia para reverter a situação.

Carlos Humberto da Silva Filho argumentou já ter sofrido aversão ao se hospedar em uma casa de família. A experiência desagradável o fez apostar na criação de uma plataforma que reserva hospedagem principalmente para o público negro. No entanto, qualquer pessoa pode utilizar o serviço.

O cliente precisa fazer um cadastro simples para encontrar vaga em hotéis, hostels, pousadas e residências. O aplicativo cobra 10% dos estabelecimentos referentes à reserva. Já são cerca de 2 mil clientes cadastrados, em 70 cidades brasileiras, 74% são mulheres, negras ou não. Quem deseja oferecer a estadia precisa passar pela checagem da startup.

Comentários