PEPÊ, DA DUPLA COM NENÉM, RELEMBRA CASO DE RACISMO NO RIO: 'DERROTADA'



Mesmo depois de ficar famosa, a dupla Pepê e Neném não deixou de sofrer com o racismo. Com 43 anos, elas têm muita história para contar. Uma delas é lembrada por Pepê e teve como cenário uma padaria no Rio.

“Cheguei lá e fui pedir uma pizza. Acho que o cara não me reconheceu e olhou para mim, assustado, com medo. Não entendi nada e eu estava de boné e cabelo grande na época. 'Tem pizza aqui não, acabou, acabou. Tá fechando, tem nada aqui, se retire, por favor' e eu fiz 'mas moço', e meus olhos enchendo de água, 'só vim pedir uma pizza' e comecei a ficar nervosa, gaguejar e os caras que estavam entregando [a pizza] ficaram me olhando e eles tinham me reconhecido, estavam tentando avisar para o cara quem eu era, e eu fiquei na minha. Cheguei em casa chorando, derrotada”, relembraou a cantora em entrevista recente.








Neném, no entanto, resolveu proteger a irmã gêmea e foi até o local para tirar satistasfação, acompanhada de Pepê: “Ela me disse 'entra no carro agora' e chegou lá falando 'qual desses aqui que foi que te falou aquilo?'. E aí ela disse para ele 'olha só, meu amor, não é porque é Pepê e Neném, não. Vim aqui porque você não tem o direito de desrespeitar as pessoas. Você sabe o que você fez? Isso é racismo' e aí foi quando ele viu quem era e ficou branco. Achou que a gente fosse chamar TV e essas coisas”.

Comentários