Para atuar, Viola Davis conta que já foi obrigada a esconder os cabelos com peruca

Mesmo tendo vencido os mais importantes prêmios do mundo e sendo uma das atrizes mais reconhecidas da atualidade, o preconceito estabelecido pelos padrões de beleza também se impõe sobre a norte-americana Viola Davis. O prestigio e o sucesso não impedem que se abata sobre ela o mesmo que sobre qualquer mulher negra no mundo: a rejeição do mercado e dos padrões aos seus belos e crespos cabelos naturais. A atriz falou sobre isso em uma reportagem recente para a revista Variety, sobre seu mais novo filme.



A reportagem era sobre o lançamento do filme “As Viúvas”, mas se tornou um grande desabafo não só sobre cabelos, mas sobre questões raciais e pobreza, e como Hollywood encara tais dilemas. O fato de não ter precisado, porém, usar peruca, extensão ou alisamento em seu novo filme foi o ponto de partida para comentar sobre como simbólica e praticamente tal novidade foi libertadora.
Foto: Variety - Divulgação

"Como pessoas negras nós somos sempre ensinadas que não devemos gostar do nosso cabelo. Quanto mais crespo, mais feio ele é”, ela disse. Quando foi perguntar ao director Steve McQueen sobre que tipo de alteração capilar teria de usar, sua resposta a chocou: “Seu próprio cabelo é lindo – use ele assim mesmo”, disse o diretor.




Capa da revista / Foto: Variety - Divulgação


Viola também comentou sobre a maneira com que as mulheres negras são vistas, feito fossem todas iguais. “As pessoas precisam entender que há diferentes tipos de mulheres de cor. Nós não somos todas garotas sensuais de pele marrom. Nem todas tem pele marrom ou clara e um afro enorme. Também existe a ‘garota da casa ao lado’. Existe a mulher madura com pele bem escura e cabelo natural”, disse a atriz, que afirmou que em “As Viúvas”, a lógica visual da mulher em um filme foi afirmada de forma diferente. “As pessoas tentam ser boazinhas com as mulheres. Eles as mantém bonitinhas, fáceis de se gostar, eles buscam satisfazer as fantasias masculinas. As mulheres precisam agradar o olhar masculino. Esse filme não faz isso”, garante Viola.

“As Viúvas” conta a história de um grupo de mulheres que se une após perderem seus maridos, membros de uma gangue. O filme tem direção de Steve McQueen, vencedor do Oscar por “12 anos de Escravidão”, e estreia no Brasil no dia 29 de novembro.

Comentários