Leandra Leal abre o coração sobre a adoção da filha: ‘Foram 3 anos e 8 meses nesse processo’




Leandra Leal fala sobre o processo de adoção de Julia e como isso se tornou na Festa da Família



Sempre discreta quando o assunto é a sua família, a atriz Leandra Leal abriu o seu coração ao compartilhar um momento de sua vida particular com os fãs. Neste domingo, 1º, ela fez um depoimento sobre a adoção de sua filha, Júlia, fruto do relacionamento com Alê Youssef. Em suas redes sociais, a artista contou que o processo de adoção durou mais de 3 anos.

“Eu e o Alê ficamos três anos e oito meses nesse processo (1 ano para o cadastro e 2 anos e 8 meses na fila da adoção). Confiantes, ansiosos, com e sem esperança, medrosos, excitados. Sem nenhuma pista. Mas eu tinha uma fé nesse processo todo, uma intuição que tínhamos que ficar nessa fila, que a nossa filha também estava nesse fila e que a gente daria match. E que tudo daria certo. Eu confiei na vida. E não me arrependo dessa escolha, deu tudo mais que certo”, disse ela.

Agora, a data em que a menina chegou em casa é o dia em que comemoram a Festa da Família. “Não é aniversário, ninguém renasceu naquele dia, a gente se encontrou. É festa para se comemorar estar junto, para comemorar esse amor incondicional, escolhido. Não é festa para dizer parabéns ou feliz data, e sim para dizer eu te amo”, afirmou.


Leia o depoimento completo:

"Ontem agradecemos e celebramos o milagre da vida, da união e do encontro na Festa da Família.
Cada família, tem sua crença, religião, cultura, festas, celebrações... pra mim, o importante é ser família, e ser família é amor.
A tradição da Festa da Família começou quando a nossa filha chegou e nossa família se transformou naquele dia.
Eu e o Ale ficamos três anos e oito meses nesse processo (1 ano para o cadastro e 2 anos e 8 meses na fila da adoção). Confiantes, ansiosos, com e sem esperança, medrosos, excitados. Sem nenhuma pista. Mas eu tinha uma fé nesse processo todo, uma intuição que tínhamos que ficar nessa fila, que a nossa filha tb estava nessa fila e que a gente daria match. E que tudo daria certo. Eu confiei na vida. E não me arrependo dessa escolha, deu tudo mais que certo.
Durante essa espera, eu li muitos livros sobre adoção, maternidade, conhecemos pessoas que tb estavam na fila, que já tinham encontrado seus filhos, filhos que foram adotados... Num desses livros que eu li, uma família comemorava todo ano, no dia do encontro, a Festa da Família. E como a gente gosta de festa, abraçamos essa tradição. Não é aniversário, ninguém renasceu naquele dia, a gente se encontrou. É festa para se comemorar estar junto, para comemorar esse amor incondicional, escolhido. Não é festa para dizer parabéns ou feliz data, e sim para dizer eu te amo.
Ontem a Festa da Família foi muito especial, mesmo. Bem pequena. Eu não gosto muito de expor a vida da minha família, mas deu vontade de compartilhar para as outras famílias que também escolheram encontrar seus filhos dessa forma linda, milagrosa e louca, a maravilhosa Festa da Família!
Feliz Páscoa a todos!"


Fonte : Caras

Comentários

Postar um comentário

Comente , dê sua opinião!
Beijo das Pretas