Alcione sobe ladeira do Curuzu com fôlego em gravação de samba-reggae para novela


Desde que foi ao ar pela primeira vez na noite de segunda-feira, 23 de abril, a primeira chamada com cenas da próxima novela das 21h da TV Globo – Segundo sol, cuja estreia está programada para 14 de maio – vem causando sensação nas redes sociais. Um dos motivos do auê é a gravação inédita de O mais belo dos belos (Adailton Poesia, Guiguio e Valter Farias, 1992) na voz de Alcione.

A Marrom – em foto de Marcos Hermes – registrou para a trilha sonora da novela o samba-reggae que exalta o bloco afro Ilê Aiyê e que foi lançado há 26 anos por Daniela Mercury no álbum, O canto da cidade (1992), que alavancou a carreira da cantora baiana. O mais belo dos belos é uma das composições mais importantes e contagiantes do cancioneiro do gênero afro-pop-baiano rotulado como axé music.

Alcione nunca foi associada ao axé, mas cabe lembrar que, em 1985, a cantora maranhense gravou ijexá de Edil Pacheco e Paulo César Pinheiro em tributo ao Ara Ketu, outro bloco afro de Salvador (BA), no álbum Fogo da vida. Decorridos 33 anos, Alcione volta ao universo musical da Bahia com a propagação dessa gravação do samba-reggae em homenagem ao Ilê Aiyê. Com a força da voz grave de contralto, a Marrom sobe com fôlego a ladeira do Curuzu.

Comentários