Atacada nas redes sociais, nova Miss Brasil desabafa: "Machuca"


Monalysa Alcântara, de 18 anos, piauiense fala sobre racismo 


Eleita nova Miss Brasil no último final de semana, a piauiense Monalysa Alcântara, de apenas 18 anos, disse no Encontro com Fátima Bernardes desta quarta-feira, 23, que estava preparada para os ataques que sofreu nas redes sociais.

Logo após a sua vitória, ela foi vítima de comentários racistas.

"Eu imaginava que ia acontecer. Sou preparada para isso. Já passei por diversas vezes. As pessoas sempre duvidavam de mim. Já estava acostumada", disse ela.

Monalysa disse que sua missão ao entrar na competição foi justamente representar novos tipos de mulheres.
"Fui em busca disso, sempre quis representar as mulheres negras e as mulheres em geral. Encontrei no Mundo Miss a possibilidade de ajudar as mulheres e dar voz a elas", acrescentou.

Mas, nem sempre foi assim. A modelo revelou que enfrentou um longo processo de aceitação.

"Eu não me achava nada bonita. Na verdade, as pessoas me diziam que eu não era negra, que minha pele não era tão escura. Eu também não me achava. Aos 12, 13 anos, comecei a buscar porque eu não me encontrava. Não me achava parda e nem morena. Com 12 anos eu alisava o cabelo, perdi todo o meu cabelo, sofri, aprendi. Tudo é um processo", disse.

Ela também contou que ficou magoada com os comentários, mas eles não a mudaram.
"A proporção foi muito maior agora no Miss, a minha família viu isso. Machuca, claro que machuca. Fiquei chateada, mas não me deixa triste porque sou uma pessoa muito alegre", afirmou el
a.



Opinião da Preta : Estamos com você , torcendo por você Monalysa

Comentários