Nilcemar Nogueira , secretária de cultura da cidade do Rio de Janeiro, é Mulher que Brilha



Nilcemar Nogueira é uma gestora cultural , doutora em Psicologia Social pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, mestra em Bens Culturais e Projetos Sociais pela Fundação Getúlio Vargas. Foi professora da Universidade Estácio de Sá.


Co-autora do livro D. Zica - Tempero, Amor e Arte, reunindo receitas da sua avó. Organizou a antologia A força feminina do samba e idealizou a revista Samba em Revista.

Nascida em Botafogo e criada em Olaria, no subúrbio carioca, a jovem Nilcemar perdeu o pai aos 14 anos de idade. Em consequência, se mudou, ao lado da mãe e do irmão para a casa dos avós, ao pé do morro de Mangueira. Essa história seria semelhante à de várias outras adolescentes cariocas se não houvesse uma particularidade: os avós em questão eram Dona Zica e Cartola.



 Esse encontro mudaria a vida de Nilcemar e faria surgir, muitos anos depois, grandes iniciativas em defesa da preservação do samba.


Neta de Dona Zica e do mestre Cartola, sua trajetória profissional está ligada intimamente ao samba e especialmente à Estação Primeira de Mangueira, da qual foi diretora de Carnaval. 


Uniu-se ao irmão Pedro Paulo na fundação e administração do Centro Cultural Cartola,  localizado a poucos metros da quadra da escola. Além de exposições permanentes sobre Cartola e Zica, o espaço deu origem a projetos como a Orquestra de Violinos Cartola (nascido de uma oficina pensada para atrair jovens de famílias evangélicas que teriam resistência ao samba) e ao Festival de Samba de Partido Alto. Da instituição nasceu o Museu do Samba, que reúne um acervo que inclui depoimentos de nomes como Monarco, Delegado e Selminha Sorriso . 



Nilcemar também criou o Museu do Samba em 2015, como parte da sua iniciativa para a inscrição do samba carioca na lista do patrimônio cultural imaterial brasileiro do Iphan

Em 20 de dezembro de 2016, foi anunciada como secretária da Cultura da cidade do Rio de Janeiro, na gestão de Marcelo Crivella.


Nilcemar Nogueira aceitou o convite do prefeito eleito Marcelo Crivella para assumir a Secretaria de Cultura de seu governo. Em seu perfil em rede social, Nilcemar foi parabenizada por amigos e agradeceu o apoio recebido:



"Quanto ao desafio de assumir a Secretaria de Cultura, amigas e amigos queridos, obrigada do fundo do coração pelas mensagens. É pensando na herança emocional e cultural que recebi, em tudo que me ensinaram minha avó Zica e meu avô Cartola, que o aceitei. Estamos juntos! Pela diversidade cultural e humana”, afirmou. 

Opinião da Preta: Não bastasse seu DNA ,que dispensa comentários, Nilcemar Nogueira, é competente e guerreira ,ela é sem duvida, uma "Mulher que Brilha "


Comentários