Amor Bandido

Amor Bandido


Amor bandido , proteger-se , sempre .


Amor Bandido é aquele que rouba as suas forças, os seu ideais, que anula seus valores morais e éticos. É aquele que agride, que te faz impotente, te domina e rouba a sua essência, a sua condição de Ser Humano.

Sempre me questionei do porque de uma pessoa amar a outra e anular-se. Deixar dominar-se, ser maltratada, desvalorizada, humilhada, desrespeitada na sua condição de pessoa.

A psicanálise enumera, e muito bem, todas as questões que podem levar uma pessoa a anular-se. Um pai tirano e uma mãe omissa ou vice-versa, roubam a auto-estima; que os maus tratos físicos e psicológicos na infância, adolescência e até na vida adulta, são fertilizantes para tornar uma pessoa potencialmente fraca.

Como uma praga que ataca o tronco de uma árvore, deixando-a doente a ponto de matá-la; da mesma forma as pragas que atacam o nosso psique, (Freud, Lacan, Jung e outros, as descrevem sabiamente), as tornam presas fáceis dos inescrupulosos. Os psicopatas são mestres em fareja-las. Há tantos psicopatas circulando entre nós e nem nos damos conta que aquela pessoa tão sedutora (narcisista) – prestativa (predadora) – compreensiva (dissimulada) – conselheira (dominadora), tão coitadinha, tão incompreendida, seja um deles. São bons manipuladores, aproximam-se e atacam suavemente e você nem percebe que caiu nas suas mãos, se apaixona, e ai começa o seu pesadelo. Vários motivos levam uma pessoa a ficar nesse tipo de relação sádica, onde o caçador domina totalmente sua presa

Mulheres-vítimas, que são submetidas constantemente à humilhação, maus tratos físicos e emocionais.

Na minha opinião , como mulher, imagino ,o quão doloroso e revoltante é quando uma mulher é espancada e humilhada, sem forças para tomar qualquer decisão a seu favor por acreditar que não há esperança no seu sofrimento,deixando-a incapaz de reagir diante dessa dominação.

Ledo engano quem pensa que só as mulheres de classe cultural e econômica baixa passam por essa relação obsessiva; mulheres de todos os níveis sócio-econômicos neste instante estão sendo submetidas a uma relação de amor bandido.

Libertação : o primeiro passo é entender que o aparentemente “ simples fato “ de procurar ajuda é determinante para sua libertação, buscar ajuda terapêutica, na família, com os amigos , na igreja , delegacia da mulher, se for o caso .

Saber de fato quem ela é, e o que a prende nesse cativeiro de portas abertas, mas com trancas na mente. Olhe pra você, abra a sua mente, destrave seu espirito e liberte-se do cativeiro ,que com certeza se encontra com as portas abertas .



Fonte de pesquisa –Teraupeta/ Neusa  Mendes

Opinião da Preta:Liberte-se, viva a vida .

Comentários