O presidente eleito da França, Emmanuel Macron, e sua esposa Brigitte Trogneux são um dos casais mais discutidos no mundo político.

Não é de surpreender já que muitos estão confusos não só pela idade jovem do novo presidente, 39 anos, mas também pela da sua mulher – Brigitte tem 64 anos.
Se a situação fosse inversa,será que seria algo de discussão?




O não-assunto das relações entre mulheres mais velhas e homens mais novos tornou-se pertinente nos últimos tempos, depois que o  então candidato à presidência da França, Emmanuel Macron, de 39 anos, apresentou ao mundo sua esposa, Brigitte Trogneux, de 64. Por que será que se tornou tema de conversa e de notícias a diferença de idade do casal e não  a de outros políticos, homens mais velhos que estão casados com mulheres mais novas?


Casamentos desiguais
François Hollande, que vai abandonar nos próximos dias o Palácio do Eliseu, teve relacionamentos controversos durante o mandato, por exemplo, Julie Gayet, sua namorada, é 18 anos mais nova do que o atual presidente francês.
Do outro lado do oceano, nos EUA, a situação não muda muito. Donald Trump tem 70 anos, enquanto Melania, terceira esposa dele, tem 47. A diferença entre os dois cônjuges é de 23 anos, praticamente a mesma que entre Macron e Trogneux.
O presidente brasileiro Michel Temer tem 76 anos de idade. Marcela, sua segunda esposa, tem 33, ou seja, tem 43 anos menos do que o presidente.
Na Argentina, o presidente Mauricio Macri nasceu em 1959 e é 15 anos mais velho que sua esposa, Juliana Awada, nascida em 1974.
Então, por que a diferença de idade entre Macron e Trogneux é tão discutida? 
Regras da espécie
A  especialista uruguaia da Articulação Feminista do Mercosul, Lilián Celiberti,  explicou as possíveis razões pelas quais o mundo está tão interessado nos detalhes curiosos do casal francês.
Segundo ela, isso acontece porque no casamento de Macron é a mulher que é mais velha. Tais relacionamentos recebem frequentemente muitas críticas por "não estarem de acordo com a tradição".
"A regra de espécie afirma que o macho é o protetor, o elemento primordial do casal. Ele é tudo e a mulher é um complemento. Por isso, a mulher é menor, e mesmo a diferença de muitos anos é absolutamente considerada natural", disse Celiberti. Segundo ela, a sociedade aceita e normaliza as relações entre "homens com poder e mulheres muito mais jovens, bonitas, que decoram seu ambiente social".
Fontes de pesquisa:Sputnik

Minha opinião: como disse o poeta: 
Minha dor é perceber
Que apesar de termos feito
Tudo, tudo, tudo, tudo o que fizemos
Ainda somos os mesmos e vivemos
Como nossos pais

Comentários